TV Estadão

Pai de Aylan pede que o mundo abra as portas

A morte do menino Aylan Kurdi em uma praia da Turquia em setembro deste ano se transformou em um dos símbolos da crise dos refugiados. Nesta quarta-feira, o pai de Aylan fez um apelo ao mundo para que abra as portas para os milhares de migrantes que tentam escapar das zonas de conflito.
  • 0 Avaliações